Sons Binaurais – Aumente sua Concentração e Inteligência

sons-binaurais-tsh

Você já tentou concluir um trabalho, escrever um texto, fazer uma prova e simplesmente sentiu que “travou”? Como se não conseguisse se concentrar ou até mesmo lembrar informações que sempre foram fáceis para você? Nem sempre estamos em um bom dia para atividades que demandam grandes quantidades de informações. Mas, e se pudéssemos mudar isso?

Os sons binaurais podem ajudá-lo a ter mais foco, melhorar a memória, estimular sua inteligência e, até mesmo, relaxar. Tudo isso apenas com batidas escutadas em fones de ouvido. Parece mágica? Não é! E vamos explicar como funciona:

O poder da vibração

Tudo no nosso universo é resultado de energia e vibração. Tudo vibra. E tudo reage à frequência de vibração. O pesquisador japonês Masaru Emoto, por exemplo, fez uma experiência com a água. Depois de expor certa quantidade do líquido a palavras, sons ou músicas, ele o congelava e observava seus cristais com microscópio. E as moléculas reagiam de forma diferente a cada estímulo!

Já uma pesquisa recente de cientistas do MIT, nos EUA, revelou que um grupo específico de neurônios do córtex auditivo é estimulado por um trecho de música em particular, não importa qual pessoa os ouça. O resultado é sempre o mesmo. Ou seja, a música tem capacidade de nos causar sensações não porque gostamos dela ou não, mas por processos dentro do nosso cérebro.

E o nosso cérebro produz ondas também, que influenciam nosso estado mental. Ondas de frequências diferentes costumam interagir, mas é a predominância de uma delas que guia a nossa consciência em um determinado momento. As diferentes ondas cerebrais são:

  • Ondas Beta: De 13 a 30 Hz. São as ondas mais rápidas e aparecem quando estamos em estado de atenção. Enquanto fazemos nossas atividades normais, trabalhamos, estudamos etc., são elas que estão mais presentes. Sua alta atividade pode acontecer em momentos de estresse e ansiedade.
  • Ondas Alfa: De 7 a 13 Hz. Predominam quando a pessoa está um pouco mais relaxada e são ótimas para o aprendizado, pois, nesse momento, o cérebro parece absorver mais informações. A meditação também acontece em alfa.
  • Ondas Theta: De 3 a 7 Hz. É o padrão do sono REM, a fase em que sonhamos. Representam um grande relaxamento, a criatividade, a inspiração e a reminiscência.
  • Ondas Delta: De 1 a 3 Hz. Esse é o padrão do relaxamento profundo, do sono sem sonhos e do transe.

Os sons binaurais

Mas, afinal, o que são e o que fazem os sons binaurais? O princípio deles é de dar ao cérebro uma frequência de ondas específica para que ele entre no estado em que desejamos. Assim, podemos deixar nosso cérebro mais atento, mais focado, mais criativo…

Eles funcionam com o princípio da harmonização. Ou seja, duas frequências diferentes são apresentadas ao cérebro – mais baixas do que 1.500 Hz e com uma diferença entre elas de até 40 Hz – e o cérebro assimila essa diferença e entra na frequência dela.

Ou seja, se o ouvido esquerdo escutar um som com frequência de 400 Hz e o direito, com 410 Hz, o cérebro vai entrar na frequência de 10 Hz, que é a diferença entre as duas. E esse é o som binaural. E ele não é escutado nos fones de ouvido como os outros, pois é uma criação do nosso cérebro.

Portanto, ao calcularmos o intervalo entre as duas frequências utilizadas, podemos escolher a que estado queremos induzir nosso cérebro. Se esse intervalo for de, por exemplo, 5 Hz, estará no espectro de ondas theta e ajudará a pessoa a relaxar e dormir.

Como usar os sons binaurais

Bem, agora que você já sabe como cada frequência de onda estimula nosso cérebro, precisa descobrir como usar esse conhecimento a seu favor, certo? Talvez você esteja precisando melhorar a memória, talvez não esteja conseguindo ser criativo o bastante, ou pode ser que esteja passando por muito estresse. Qualquer que seja a situação, existem gravações para ajudá-lo.

Por exemplo, digamos que você esteja procurando algo para estudar melhor. Como vimos, as ondas alfa são as mais propícias para você absorver de forma mais produtiva o que aprender. Portanto, o que você precisa fazer é conseguir frequências de sons que tenham uma diferença de 7 a 13 Hz. Depois, basta escutá-las e, então, ver os benefícios.

Por outro lado, caso você esteja passando por um período de estresse e precise se acalmar sem recorrer a medicamentos, procure frequências mais lentas. Você não precisa necessariamente escolher uma que vá induzir o sono, apenas uma que o tire daquele estado de atenção e estímulo exagerado.

E é muito importante sempre usar fones de ouvido. Isso para que os sons realmente cheguem diferentes a cada ouvido. Caso contrário, eles podem se misturar e o efeito não será o ideal. Além disso, não precisa colocar um volume muito alto, apenas o suficiente para que barulhos externos não o atrapalhem.

Os sons binaurais não são para serem usados no momento em que você quer executar uma atividade. Em vez disso, procure um lugar confortável e uma posição relaxada, para poder aproveitá-los bem. Crie uma rotina, por exemplo, todas as noites antes de dormir ou todas as manhãs ao acordar, dependendo do benefício que você quer. Assim, você treina seu cérebro a acessar esses estados.

Também tome muito cuidado porque as frequências mais baixas podem induzi-lo ao sono ou à perda de consciência. Por isso, nada de escutá-los enquanto estiver operando máquinas ou fazendo qualquer atividade que exija o máximo de atenção. Deixe essas frequências para quando puder relaxar.

Onde conseguir

Se você estiver pronto para começar a usar os sons binaurais a seu favor, a internet vai ajudá-lo. Existem diversas opções, tanto gratuitas quanto pagas, em português e em outros idiomas. Geralmente, elas já trazem a função especificada, seja para relaxamento, para ter mais criatividade, para estudar melhor ou outro objetivo; você não vai precisar ficar fazendo conta para descobrir que tipo de onda cada som traz.

Com o tempo, você vai perceber mudanças, conforme seu cérebro for se adaptando às ondas que você quer que ele ouça. Se não der certo logo no começo, continue tentando. Não tenha medo de alternar entre os sons até descobrir o ideal para você. E prepare-se para acessar sua memória, sua inteligência e sua criatividade e evitar aqueles momentos de “branco”!

O que você anda buscando atualmente? Mais produtividade e foco ou menos estresse? Melhorar a memória? Agora que já sabe qual som binaural procurar, não perca tempo! Faça o teste e conte para nós o que achou!

Assista ao vídeo que mostra essa experiência simples de cimática que comprova visualmente os Sons Binaurais. 

 

Esses posts também são transformadores...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *