O Tesouro direto é Melhor do que a Poupança?

Colocar seu dinheiro na poupança é bastante fácil. Todo mundo que tem uma conta corrente pode também ter a poupança, e a transferência de dinheiro de uma para a outra é bem simples. Guardar o dinheiro dessa forma muito comum dá aquela sensação de que ele não vai ser gasto com bobagens. Afinal, deixar o dinheiro à disposição é tentador demais!

Porém, os especialistas em economia alertam que a poupança não é um bom investimento. Na verdade, nem é investimento de verdade, é uma forma até de perder dinheiro. E, assim, quem quer gerar algum rendimento com suas economias deve procurar outras alternativas. E, se você não quiser abandonar a segurança, a melhor opção é o tesouro direto. Quer saber mais? Continue a leitura!

A poupança

Chamada no Brasil de caderneta de poupança, ela foi criada pelo governo para pequenos depósitos. Assim, as pessoas conseguem guardar um pouco de dinheiro sem precisar ir atrás de investimentos complicados.

Afinal, muitas pessoas conseguem juntar apenas valores baixos por mês, por exemplo R$ 100,00. Se tivessem de pagar os custos de investimentos mais complexos, seria inviável. Porém, se esses R$ 100,00 ficarem na conta corrente, é muito provável que sejam gastos, e não guardados. E, também, os correntistas têm menos controle do que é economia e o que é dinheiro para ser usado livremente.

Além de não cobrar as taxas de administração e nem taxas para transferência do dinheiro, há outra vantagem na poupança. A rentabilidade é determinada pelo Banco Central e, assim, não importa em qual banco você tenha conta, a porcentagem de ganho será sempre igual. Além disso, o imposto de renda não incide sobre ela.

A poupança é um investimento muito seguro, o que atrai quem não quer correr riscos com seu dinheiro, mas isso acaba resultando em uma baixa rentabilidade. Quando a poupança rende menos do que a taxa de inflação (como acontece atualmente), o correntista na verdade perde poder aquisitivo; ou seja, com o dinheiro que o poupador tem hoje, ele não conseguiria comprar o mesmo que compraria um ano antes.

A businessman with an orange tie turning his empty pockets inside out. Front view, no head. Grey background. Concept of bankruptcy.

Apesar de tudo isso, os brasileiros ainda têm como principal investimento justamente a poupança. Um dos motivos é o quanto esse costume está enraizado na nossa cultura. Mas, também, o fato de não conhecermos alternativas faz com que continuemos em um investimento ruim.

99% das Pessoas Investem nas Aplicações Financeiras Erradas. Então Onde o 1% Restante Investe? Clique e Descubra

 

Tesouro direto

A finalidade do tesouro direto é conseguir recursos para o financiamento da dívida pública. Além disso, ele também é usado para financiar outras ações do governo, como investimentos em educação, saúde e infraestrutura. Assim, são vendidos títulos públicos a pessoas físicas, em um programa do Tesouro Nacional em parceria com a Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC).

Os títulos em oferta se dividem em de curto, médio e longo prazo, e é importante o investidor escolher o que mais atende às suas necessidades. Por exemplo, se ele quer comprar uma casa, talvez seja uma boa opção escolher um de médio prazo. Já para a aposentadoria, a opção seria o de longo prazo.

Há outra diferença: títulos prefixados e títulos pós-fixados. No caso dos prefixados, a rentabilidade é determinada no momento da compra. Assim, o investidor já sabe o quanto irá receber na data de vencimento. Os pós-fixados são corrigidos por um indexador e, dessa maneira, o rendimento depende da variação desse indicador e da taxa escolhida na compra.

O tesouro direto é um investimento que está em alta atualmente e tem várias vantagens:

– Ótima rentabilidade

– Taxas de administração baixas

– Facilidade para gerenciar os investimentos

– Baixo risco

– Liquidez garantida pelo Tesouro nacional

tempo-acoes-dinheiro-tsh

Qual é mais seguro?

Sabia que o tesouro direto é mais seguro do que a poupança? Pode ser um choque, já que aprendemos desde sempre que a poupança é a forma mais segura de guardar dinheiro. Prepare-se para destruir essa certeza.

Todo o dinheiro aplicado na poupança é garantido pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos) para o limite de R$ 250 mil (por CPF e por banco). O FGC também oferece garantia de crédito para conta corrente, CDB, LCI, LCA etc. Ou seja, se o banco falir, os correntistas vão receber a restituição do dinheiro até R$ 250 mil. Porém, até hoje, ele só foi usado para compensar perdas de bancos pequenos. Porém, será que ele seria capaz de cobrir as perdas altas de bancos grandes? Não se sabe.

Já o tesouro direto tem títulos garantidos em 100% pelo Tesouro Nacional. O dinheiro todo, ainda que passe de R$ 250 mil, está seguro. Como as chances de o país conseguir pagar suas dívidas é maior do que as de uma instituição financeira particular fazer o mesmo, o tesouro direto se torna o investimento com menos risco entre todos! Afinal, o Brasil tem a liberdade de imprimir mais dinheiro se for preciso.

Mais vantagens

Investir no tesouro direto é bastante simples. Como os bancos não querem que você tire seu dinheiro deles para investir fora, não é lá que você vai conseguir as informações. Você precisa escolher uma corretora, abrir uma conta nela, transferir dinheiro e comprar. E tudo isso pode ser feito pela internet! Fácil e prático.

A liquidez do tesouro direto também é muito boa; se você continua na poupança por conta desse fator, pode ficar tranquilo. Depois de vender o título, o valor fica disponível na sua conta no dia útil seguinte. E não se preocupe, há títulos que podem ser vendidos antes da data de vencimento sem perda de dinheiro.

E você não precisa ter muito dinheiro para começar a investir, o tesouro direto é muito acessível.

A taxa cobrada pela BM&FBovespa pela guarda dos títulos é de 0,3% ao ano, e as corretoras cobram uma taxa de administração também anual, que não costuma passar de 0,2%, ou nem cobram nada. Além disso, você pode começar com muito pouco dinheiro, já que o tesouro direto permite a compra de 0,01% do valor de um título, desde que isso represente pelo menos R$ 30,00.

comecar-investir-dinheiro-tsh

Comece logo!

Já está convencido a parar de perder dinheiro na poupança para procurar um investimento melhor? O tesouro direto é perfeito para quem não quer se arriscar, mas precisa de uma rentabilidade melhor. Porém, quanto mais tempo você esperar, mais oportunidades vai deixar que passem.

Não há motivo nenhum para colocar sua economia em um investimento que vai render pouco ou nada quando há uma opção tão melhor disponível. A falta de informações pode deixar as pessoas receosas, mas agora você já sabe que tem, no tesouro direto, uma chance segura de poupar mais!

O que você achou dessas dicas? Está empolgado para melhorar seus investimentos? Ainda tem alguma dúvida! Comente aqui!

Compartilhe este texto com seus amigos para que eles também possam aproveitar melhor as economias!

Esses posts também são transformadores...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *